Tenho uma amiga que diz que não apanhava do pai e da mãe quando pequena. Por isso, não teve vontade de escrever um blogue. Olhando na minha lista de linques aí do lado, lembrei disso. Antes escrevia no sítio com frequência quase diária, daí veio a fase das frases soltas, depois fiquei meses sem escrever nada (isso ainda acontece bastante hoje). Ainda assim, frequentava alguns destes linques, dos que bravamente mantinha suas páginas atualizadas, cheias de novidades, textos estimulantes e por aí vai. Nessa atual faxina, constatei que pelo menos metade dos meus linques vai dançar. São blogues abandonados, cheio de pó e cheiro de naftalina. Será que o trauma da surra passou pra todo mundo? Me conforta, ao menos, saber que uns vão embora e outros chegam. Na lista nova, certamente estará o blogue do Saramago.